"Life feels like a midnight ride..." - SOAD

5 de agosto de 2015

Em Julho chegaram...

Livros, livros e mais livros... acho que isto resume bem o meu mês de Julho. Vou ter de reduzir bastante as aquisições dos próximos meses, por todas as razões e mais algumas (dinheiro, espaço, tempo e uma appzita que me disse que iria demorar 9 anos para conseguir ler todos os meus livros da pilha TBR, ish). Treze! Consegui a proeza de ter comprado ainda mais um livro do que o mês passado... AIAI! Apesar de tudo, amo de coração todos os meus novos lindões! Querem ver, querem?

Comecemos, pois, pela oferta da Editora Don Quixote e que foi uma total surpresa. Aquando a notícia do lançamento para Setembro de um quarto volume da saga Millenium (sim, antigamente era uma trilogia), a editora decidiu oferecer os livros anteriores num passatempo. Podíamos escolher qual o livro que pretendíamos e, tendo em conta que ainda não havia lido nenhum, escolhi o primeiro (duh!). E foi assim que o Os Homens que Odeiam as Mulheres, de Stieg Larsson, veio parar às minhas mãos, e já ando em negociações para arranjar os outros dois livros, o que tem vindo, no entanto, a ser uma tarefa ingrata pois os livros são bem carotes.
Mais uma vez aproveitando uma fantástica promoção da Note! de 40% de desconto em livros seleccionados, encontrei três livros fantásticos: A Sua Última Duquesa, de Gabrielle Kimm, Quando a Noite Cai, de Nelson Demille e A Mentira Sagrada, de Luís Miguel Rocha. Romances históricos e conspiração, suspense, mistério... a sério, achavam mesmo que eu não os ia trazer?

Quanto às novidades mais recentes, trouxe comigo quatro amigos: Toda a Luz Que Não Podemos Ver, de Anthony Doerr, O Assassinato de Pitágoras, de Marcos Chicot, Os Bebés de Auschwitz, de Wendy Holden, e Entre Dois Mundos, de Suzan Saxman.
Tenho a dizer que não consegui resistir ao Toda a Luz Que Não Podemos Ver e comecei a lê-lo quase de imediato. Já estava à espera que o livro fosse bom, mas não pensava que fosse assim TÃO bom! Já o terminei, amei cada página, chorei baba e ranho e ainda não sei bem como pegar noutro livro depois deste, com medo que me desfralde as expectativas, tal não é o meu grau de exigência agora.
O Assassinato de Pitágoras, acho que não é preciso justificar (ahah).
O lançamento d' Os Bebés de Auschwitz deixou-me bastante curiosa. Tenho um qualquer tipo de queda para a II GM, e encontrar compiladas algumas histórias de coragem e amor tão puro como o de uma mãe e o seu filho num dos episódios mais horrendos da nossa história dá-me um aperto no coração. São histórias reais de mães que tudo fizeram para salvar a vida dos seus filhos ainda dentro das suas barrigas, histórias essas contadas por alguns desses bebés que ainda estão vivos. Não há palavras para isto, maravilhoso mesmo!
Quanto ao Entre Dois Mundos... bem... este tipo de histórias (espíritos, aliens, conspirações, monstros, etc.) são o meu calcanhar de Aquiles, não lhes consigo resistir. Apesar de arranjar, ou tentar, sempre uma justificação para essas mesmas histórias, o desconhecido (ou a imaginação humana) nunca deixam de me pasmar. A sinopse intrigou-me, e lá veio o livro para casa.
O próximo amigo, já tinha ouvido falar dele há muito, muito tempo e, confesso, já não me recordava sequer que existia. Encontrei-o perdido nas prateleiras da tabacaria do Sr. Carlos, o que quer dizer que estava com um super, mega preço. Yay! Falo de A Oeste Nada de Novo. É um clássico que queria conhecer e não podia desperdiçar esta oportunidade.
E por fim (sim, este bookhaul tem um fim! :p), as minhas últimas aquisições que foram Sangue Fresco, Dívida de Sangue, Clube de Sangue e Segredos de Sangue, de Charlaine Harris. Os volumes I, II, III e X, respectivamente, da série Sangue Fresco.
Já há algum tempo que andava na dúvida se avançava com a série ou não, isto porque já vi a série de TV e, por norma, não gosto muito de misturar leituras e TV ou cinema. Mas, recentemente, em andanças pelo site da Saída de Emergência, descobri a colecção com preços tão, mas tão bons e promoções fantásticas, que decidi avançar. Se gostei tanto da série, irei gostar dos livros, certo? E as capas com o Bill e o Eric são, assim, qualquer coisa.

E fico-me por aqui que a lista já vai longa. Estou muito contente com os novos inquilinos, de momento tenho uns quatro ou cinco "must have" que estão apenas à espera de um bom desconto mas, de resto, e como já salientei no início do post, tenho mesmo abrandar o ritmo às aquisições! É desta que me controlo! (Para o mês que vem depois falamos :p)

2 comentários:

  1. Comprar livros é um vício! O meu namorado chateia-me tanto a cabeça :/
    Tenho os 3 do Stieg Larsson que o meu namorado me ofereceu há 3/4 anos anos no Natal, numa campanha muito boa que fizeram, uma box que ficou por apenas 30€. Compensou bastante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, não dá mesmo para controlar por mais que tentemos. Mas sabe tão bem! :D Que grande sorte! Gostaste da série? Eu tentei sempre manter-me afastada mesmo devido aos preços de cada livro, mas agora com o primeiro volume nas mãos já não consigo resistir. A sorte é que já passaram os 18 meses de edição, pode ser que surja alguma boa promoção entretanto.

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário! :)

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Seguidores

Também no Blogloving

Follow

Quem por cá passou

Este blogue não segue nem apoia o acordo ortográfico!
Todas as imagens e textos não feitos exclusivamente para este blogue, não me pertencem. Com tecnologia do Blogger.

Copyright © Gritos Mudos Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com