"Life feels like a midnight ride..." - SOAD

3 de maio de 2016

Chegaram e saíram em Março!

Ora bem, enquanto não organizo as opiniões em atraso (e são algumas), vou mostrando os amiguinhos novos. Desta vez dou-vos a conhecer os inquilinos de Março que, sendo mês de aniversário aqui da moça, foi sinónimo de umas quantas prendinhas boas mas, como só chegaram no mês seguinte, vou deixá-los para o próximo bookhaul. Venham eles!

Resumidamente, risquei três livros da wishlist, entrou mais um de Stephen King (Yay!), ganhei dois passatempos e descobri uma sinopse engraçada. E agora, qual é qual?

Como já vos disse noutro post algures, Francisco Moita Flores tornou-se um dos meus autores de eleição mesmo tendo lido apenas um livro dele. Como devem compreender, era imperativo ter as restantes obras (ficcionais) do autor. Consegui, desta feita, encontrar o seu último romance, O Dia dos Milagres, e nem pensei duas vezes.
Julieta, de Anne Fortier, chamou-me à atenção pelo nome. A sinopse pareceu-me interessante (só espero que não saia como O Segredo de Shakespeare - mauzinho e sem dizer a gota com a perdigota!), veremos.

Adoro autores nórdicos! Acho que são excepcionais quando escrevem thrillers ou policiais e, como se sabe, adoro este tipo de leitura. Assim, é mais que natural, que já tenha cobiçado os livros de Jo Nesbo apesar de ainda não ter experimentado, o que se deveu principalmente, à série, ou melhor, ao lançamento dos livros da série, ter sido algo meio estranho. Parece-me que agora já esteja certa. 
A Dom Quixote, entretanto, fez um passatempo, no qual "obriguei" o meu camarada dos livros a participar. Eu fiquei a ver navios mas ele acabou por ganhar o livro O Morcego e ofereceu-me. Yay! O que não vale termos gostos literários diferentes? eheh

Também foi através de um passatempo que consegui Isabel de Borgonha - Ínclita Geração, de Isabel Stilwell. A autora ofereceu esta oportunidade através da sua página de Facebook e eu fui uma das sortudas! Gosto tanto!

A Fúria das Vinhas, de Francisco Moita Flores a 4€. Não vou dizer mais nada...

E num dia em que perdi o comboio, fui dar uma voltinha à feira do livro da Gare do Oriente. Além de livros recentes, têm também bastantes mais antigos e com preços muito apelativos.
O Assassino do Aqueduto, de Anabela Natário, estava na minha wishlist há bastante tempo. Já li algures que a história parece não rondar tanto como devia o famoso Assassino, mas prefiro confirmar por mim própria. 
Parece que já se tornou tradição, sempre que vou a uma feira do livro, tenho de trazer comigo um livro de Stephen King. Tendo em conta que o autor tem "carradas" de livros editados, parece-me um bom esquema! Desta vez trouxe A Hora do Vampiro que, olhando para o histórico de King, mais virado para o terror psicológico, parece-me estranho (e a curiosidade aumenta mesmo por isso).

Quanto a leituras, terminei As Visões de Simão, de Marianne Fredriksson - interessante, mas tinha uma ideia diferente do que iria ser a história - e continuei a ler A Estranha Viagem do Senhor Daldry.

Março, that's a wrap!

3 comentários:

  1. Olá!
    Já li o Julieta e apesar de ter gostado, não achei nada de especial. Algumas partes achei que se arrastavam e outras eram muita rápidas :/ Mas pode ser que gostes mais do que eu ;)
    Nunca li nada de Jo Nesbo mas tenho muita curiosidade e ainda bem que têm gostos diferentes, pois ficaste a ganhar XD
    Uau, que sorte com o livro da Isabel stiwell. Ainda não li esse mas tenho curiosidade.
    Tenho também que experimentar ler algo de Francisco Moita Flores, principalmente esse Fúria das Vinhas.
    O Assassino do Aqueduto é daqueles livros que já quis muito ler e entretanto, sem saber bem porquê, passou-me a vontade. Quem sabe se não me despertas novamente a curiosidade ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita! :)

      Apesar do Julieta ter uma sinopse gira, também fiquei com a ideia de que poderia sair algo estranho. Vamos ver o que sai dali.
      Este mês foi mesmo generoso nos passatempos, ganhar dois livrinhos que queria mesmo ler soube tão bem! :D
      Moita Flores é fantástico a levar-nos para outros tempos e, ao mesmo tempo, fazer-nos pensar em temas transversais ao próprio tempo. Apenas li um livro dele (Segredos de Amor e Sangue) mas fiquei rendida!
      Passei pelo mesmo com O Assassino do Aqueduto. Acho que se não o tivesse encontrado com um bom preço, ainda não o tinha na estante. Mas, em sua defesa, a minha mãe já o começou a ler e ainda não o pôs de lado (por norma, quando um livro não a entusiasma logo nas primeiras páginas, ela larga-o a grande velocidade!).

      Beijinho*

      Eliminar
  2. Olá!
    Da tua lista ainda só li "A Fúria das Vinhas" e gostei muito.
    Sabe sempre bem receber ou comprar livros.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário! :)

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Seguidores

Também no Blogloving

Follow

Quem por cá passou

Este blogue não segue nem apoia o acordo ortográfico!
Todas as imagens e textos não feitos exclusivamente para este blogue, não me pertencem. Com tecnologia do Blogger.

Copyright © Gritos Mudos Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com